Arquivo da tag: casamento gay

Gay pride flag with a heart.

Feliz Mês do Orgulho LGBTQIA

Estamos no mês do Orgulho “Gay” (já explico essas aspas aí).

Vejo gente torcendo o nariz e questionando o porquê do termo “orgulho”. O que tem pra se orgulhar em relação à orientação sexual ou identidade de gênero? Por que se fala em orgulho gay como algo positivo e em orgulho hétero como algo negativo?

Pois bem, acordei com vontade de falar do assunto. Continue lendo

Ponto final à palhaçada do “Don’t Ask, Don’t Tell”

Foi derrubada ontem, dia 20/09/2011, nos Estados Unidos, a lei conhecida como “Don’t Ask, Don’t Tell” (Não Pergunte, Não Conte), que obrigava os homossexuais das forças armadas americanas a esconderem sua orientação sexual sob risco de expulsão. A lei vigorou de 1993 até esta manhã. Leia mais aqui.

Isso significa o fim do direito ao preconceito a gays e lésbicas nas forças armadas dos EUA; o fim de uma das leis mais hipócritas vigentes em nosso tempo, que aceitava que cidadãos gays lutassem e morressem em campos de guerra, mas não que vivessem “fora do armário”.

É claro que a discriminação não é limada do dia pra noite. Humilhações, estupros e espancamentos muito provavelmente seguirão sendo promovidos pelos preconceituosos, porém sem o respaldo da lei. E isso é uma grande vitória para a sociedade.

Na foto, Gary Ross, tenente da marinha, sepulta a idiotice do “Don’t Ask, Don’t Tell” casando-se com seu namorado minutos após a decisão de revogar a lei.

Ponto pra humanidade.

O primeiro casamento civil gay do Brasil

É com muita alegria que este blog ajuda a documentar mais um momento histórico do nosso país: hoje, dia 28 de junho de 2011, foi realizado o primeiro casamento civil gay do Brasil!

Primeiro casamento civil gay do Brasil

José Sérgio Sousa Moresi Sousa, comerciante, e Luiz André Rezende Sousa Moresi, cabeleireiro, oficializou nesta manhã no 1º Cartório de Registro Civil de Jacareí (São Paulo) a conversão de sua certidão de união estável em certidão de casamento civil, mediante autorização da justiçã (expedida por Fernando Henrique Pinto, juiz da 2ª Vara da Família de Jacareí, baseada no artigo 226 da Constituição Federal, que autoriza a mudança de união estável em casamento).

Esta autorização é fruto da decisão do STF de reconhecer a união estável gay, há dois meses. No dia seguinte à determinação do STF, o casal registrou sua união estável.

E sabem quais são os planos do casal? Compartilhar o plano de saúde e comprar, juntos, uma casa. Agora, eles tem esse direito, que nós, heterossexuais, temos desde sempre, sem medo do futuro!

Leia mais na matéria do UOL.

De pequenas conquistas se faz a vitória! Chega de homofobia no Brasil!

A José Sérgio e Luiz André, meus votos de felicidade!