Dicas de viagem: Las Vegas, EUA. Por: Cíntia Costa.

Dicas de viagem: Las Vegas

Minha passagem por Las Vegas, EUA, foi curta, mas foi uma viagem inesquecível. Assisti a uma luta histórica de UFC no MGM Grand, jantei no restaurante do Gordon Ramsay, fui a uma das baladas mais incríveis da vida, fiz várias comprinhas e comi muito, mas muito bem. Veja minhas dicas!

Resumão do rolê

Vista panorâmica de Las Vegas do rooftop do hotel Mandalay Bay. Foto: Visit Las Vegas.

Vista panorâmica de Las Vegas do rooftop do hotel Mandalay Bay. Foto: Visit Las Vegas.

Las Vegas é um super centro de entretenimento. A cidade é relativamente pequena, basicamente uma grande avenida (Las Vegas Strip) cheia de mega hotéis com estrutura de shopping center dentro, com lojas, restaurantes e mega cassinos tudo num lugar só. Dá pra visitar tudo à pé, de dia e de noite (e os táxis saem baratos, praquela hora em que você já tá bêbado demais pra caminhar de volta pro hotel).

Tem uma vibe misturada por lá entre super glamour e entretenimento meio capenga, entre estrelas de Hollywood e um povo baixo astral viciado em jogos. Achei curioso… Tem que escolher bem o rolê pra viagem não acabar gongada.

Viajar para Las Vegas, pra mim, se resume a comer bem, fazer compras e curtir baladas e eventos. O que, sinceramente, não consigo fazer por muito (não tenho nem saúde nem dinheiro pra isso), então uma semana tá de bom tamanho :).

Hospedagem

Quarto do hotel MGM Grand em Las Vegas. Foto: MGM Grand.

Como fui para assistir à luta (e a trabalho), fiquei hospedada no mesmo hotel da arena, o MGM Grand. Achei fantástico. Quarto amplo, banheira bacanuda. Fiquei um pouco assustada com o tamanho do hotel, é uma coisa gigantesca. Não estou muito acostumada, ainda prefiro hotéis boutique, mas foi legal, especialmente pela facilidade de ter tudo por perto. A localização é ótima, também.

Restaurantes

Restaurantes em Las Vegas: Burguers do Wolfgang Puck Bar and Grill no MGM Grand Las Vegas.

Las Vegas tem mil opções de restaurantes deliciosos. É o paraíso pra degustar pratos típicos da culinária americana, como estes burgers do Wolfgang Puck Bar and Grill no MGM Grand Las Vegas.

Uma das partes favoritas de qualquer viagem pra mim, as experiências gastronômicas em Vegas foram absolutamente fantásticas.

Super recomendo um café da manhã em um dos trocentos restaurantes no próprio MGM (aberto para não hóspedes também). Meu favorito foi um pratão de American breakfast, com panquecas, ovos beneditinos e muito bacon.

Amei também comer no Burgr, o restaurante de burguers do chef ranzinza Gordon Ramsay em Las Vegas. Carne no ponto perfeito, tempero mega bom, e umas coisas surpreendentes e meio gourmets, tipo batata doce frita e coberta com açúcar de confeiteiro e sal (juro que era bom!). Infelizmente, tio Gordon não tava lá pra gritar comigo, mas adorei mesmo assim.

Curti também um almoço sussa no Bubba Gump Shrimp, a franquia que nasceu do filme Forest Gump e só serve pratos com camarão. Uma delicinha!

Por fim, quem quiser um jantar de luxo com comida maravilhosa e uma vista panorâmica de Las Vegas inesquecível, a dica é o Foundation Room, restaurante no topo do hotel Mandalay Bay.

Baladas

Balada em Las Vegas: XS Night Clube no hotel Wynn. Foto: XS.

Pista de dança fervendo no night club XS, no hotel Wynn. Foto: página do XS no Facebook.

A cidade é conhecida pelas suas festas, então eu não poderia deixar de ir a uma balada. Fomos à XS Night Club, no hotel Wynn, e foi a balada mais incrível que já vi na vida. Um lugar super bonito, iluminação fantástica, clima bacana, música legal. Bebida cara pra cacete, como vocês podem imaginar. Mas valeu a noite!

Eventos

UFC em Las Vegas: arquibancada da MGM Grande Arena. Great Times Are Coming Back.

Para quem é fã de MMA, recomendo fortemente assistir a uma luta do UFC por lá. Acho que foi o momento mais emocionante da minha vida quando chegou o card principal da noite! Também não foi nada mal estar no lounge do hotel e, de repente, começar um treino aberto com o Anderson Silva! Além de lutas, a cidade também oferece shows e musicais, todos experiências grandiosas. Aliás, esse é um bom jeito de planejar sua viagem para Vegas: escolher um evento que você queira assistir e organizar a viagem em torno dele. Vale muito à pena.

Compras

Compras em Las Vegas: Hershey's Chocolate World.

Mega loja da Hershey’s em Las Vegas. Foto: Hershey’s Chocolate World.

Apesar de eu ter ido com o objetivo de não gastar muito com compras, deu pra brincar um pouco. A Las Vegas Strip tem várias lojas legais pra serem visitadas, como a Hershey’s Chocolate World e a loja oficial dos chocolates M&Ms, cheia de coisinhas fofas relacionadas à marca (como canecas, roupinhas de bebê e etc.). Isso, claro, sem falar nas grandes lojas de roupas, bolsas, maquiagens e acessórios (que tem em toda grande cidade, parece um grande free shop de aeroporto).

Para uma mega experiência de compra, recomendo um passeio pelo shopping dentro dos hotéis Bellagio (aquele que tem um show da hora de jatos d’água e luzes do lado de fora) e Caesar’s Palace (aquele do filme “Se Beber, Não Case”). Esses lugares tem uma decoração super megalomaníaca muito peculiar, a cara de Las Vegas e ótima para umas fotos divertidas!

E pra quem curte uma pechincha, tem os outlets. Fui ao Las Vegas Premium Outlets North e não foi tão da hora em questão de preços (pelo menos, não tanto como fazer compras em outlet em NY), mas consegui uns descontos legais, em especial, na loja da Levi’s e na American Apparel.

Souvenirs

Chaveiros e souvenirs de Las Vegas. Foto: Steven Depolo em Creative Commons no Flickr.

Chaveiros e souvenirs de Las Vegas. Foto: Steven Depolo em Creative Commons no Flickr.

Essa foi a parte mais triste da minha viagem. As malas de todo mundo com quem viajei foram perdidas na viagem e, quando acharam e nos entregaram, tínhamos todos sido furtados. A sacanagem foi que a quadrilha do aeroporto não roubou nada de valor monetário, só coisas de valor sentimental, tipo todos os meus souvenirs. Fiquei arrasada… Anyhow, Vegas tem um monte de souvenir divertido para trazer para você ou para os amigos. Abridores de garrafa, isqueiros em forma de ficha de cassino, ímãs de geladeira, chaveiros, camisetas do filme “Se Beber, Não Case” e essas bobagens baratas.

O que faltou

Para a experiência de Las Vegas ficar completa, faltaram fazer uma tatuagem (a rua principal está cheia de estúdios de tattoo), ir a um strip bar, ver um show de drags, jogar no cassino (sou muito muquirana, gente, não rolou jogar… Mas fiquei vendo o povo jogar. Conta?) e casar com um desconhecido em uma capela cafona, com direito a Elvis Presley de celebrante. Mas fica pra próxima! 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *