Dicas de compras em Nova York

Estive em Nova York nas minhas últimas férias e foi uma delícia! Dizem que o lema de NY é “shop ‘til you drop” e, olha, é bem verdade. Fiz compras até não ter mais forças para ficar de pé! :).

Agora meu marido está lá e bateu saudade… Resolvi registrar aqui minhas dicas para quem planeja visitar Nova York para umas comprinhas!

Roupas e acessórios em lojas “de marca”

Kate Spade New York. Foto: Twiggs.

Foto: Twiggs Photography.

Nessa viagem, descobri que adoro a Tommy Hilfiger (sim, eu tenho um coração coxinha!). É a cara de Nova York e tem aquele estilinho preppy, patricinha. Ótimo para comprar roupas para trabalhar, como camisas, suéteres e blazers. Tirando que comprar na loja da 5th Avenue, a famosa quinta avenida, é uma experiência e tanto!

A GAP e a Aeropostale são ótimas pedidas para os basics: lingerie, camisetas e regatas em cores básicas, pijamas, essas coisas. Já a Agent Provocateur e a Victoria’s Secret são as pedidas para quem procura lingeries mais elaboradas e ousadas.

Me surpreendi com a American Apparel – a loja de São Paulo nunca me despertou muitas emoções, mas nas de NY comprei altas coisinhas. É o lugar certo para encontrar todas as cores e texturas possíveis em calças leggings, blusas, meias-calças e acessórios para cabelos. Gostei muito também dos relógios deles.

Quem procura lojas de luxo vai adorar o SoHo, bairro que concentra as concept stores de marcas como Chanel, Dior , Hugo Boss, Marc Jacobs, Kate Spade, MiuMiu, Prada etc.

Boutiques alternativas

Tirei um dos dias para conhecer os bairros mais boêmios de Nova York, e achei um charme as lojas de roupas e acessórios de NoLiTa, East Village e NoHo. Em sua maioria, são pequenas lojas com criações originais de estilistas da região.

A maior parte tem um pé no vintage e alguns brechós dão pinta por lá também. É a região certa para encontrar peças únicas e cheias de personalidade.

Cosméticos

Sephora New York. Foto: Divulgação.

Foto: Divulgação.

Quando o assunto é maquiagem e cosméticos, não tem pra ninguém: só dá Sephora. A multimarcas de beleza e cuidados para o corpo é um sonho. Tem todas as marcas que você pode imaginar, acessórios bem variados, preços super atraentes, amostras de tudo para você testar sem dó e vendedores experientes, entendidos e não-pentelhos. A maior é a da Times Square, gastei bem umas três horas lá dentro e até hoje me arrependo por algumas coisas que deixei de comprar. Uma experiência incrível para quem curte o assunto.

As lojas da MAC, da Clinique e da Kiehl’s também são paradas obrigatórias para quem tem seus queridinhos dessas marcas. Emocionante ver todas as coleções completas e os lançamentos.

Sapatos

Loja Converse All Star na Times Square, em Nova York.

Foto: Cíntia Costa.

Batendo perna pela Times Square, descobri uma marca de sapatos hiper confortáveis e super lindinhos: Aerosoles. Gostei dos preços, também. Não pude deixar de passar na loja da Converse e ficar babando naquela variedade de All Star nas prateleiras!

Quem busca sapatos de luxo encontra todos na seção de sapatos da Bergdorf Goodman, uma multimarcas chiquérrima na 5th Avenue. Tem Chanel, Jimmy Choo e por aí vai.

Eletrônicos

Seria pecado, como entusiasta da tecnologia, ir a Nova York e não fazer uma visita a uma Apple Store. Além de ter wi-fi aberto – algo muito cobiçado nas minhas viagens – tem todas as novidades da marca e uma variedade de acessórios (capas, adaptadores etc.). Achei o atendimento de primeira, mas os preços não estavam muito apetitosos (para comprar iPads ou iPhones desbloqueados, o valor fica próximo ao daqui).

A gigante J&R é a Meca de quem procura eletrônicos. Tem todas as marcas, vendedores bem entendidos e preços bacanas. Eu foquei na seção de câmeras fotográficas, mas a loja (que mais parece um shopping) tem seções enormes para celulares, games, instrumentos musicais e etc.

Outlet

Outlet em New York (Woodbury Common). Foto: Llee Wu.

Foto: Llee Wu.

Agora, o melhor negócio que fiz foi passar um dia no Woodbury Common Premium Outlet, uma galeria de lojas conhecidas com descontos absolutamente incríveis (50% pra mais!). Pra vocês terem uma idéia do estrago, cheguei ao outlet com uma bolsinha e saí de lá com uma mala grande de viagem cheia de roupas, bolsas e cosméticos!

A loja em que mais pirei foi a da Kate Spade – levei bolsas, capa para notebook, brinco, anel, pulseira e máxi-colar. Saí da loja tão feliz que me senti até culpada! 🙂

As da Tommy Hilfiger e da Levi’s são ótimas para quem já tem seus modelos de pólo e calças jeans favoritos – e nem precisam pegar as longas filas do provador para aproveitar os preços incríveis.

O outlet tem também lojas de cosméticos (não deixe de passar na L’Occitane!), óculos, eletrônicos, acessórios de cozinha (partiu meu coração ver panelas Le Creuset tão baratas, sabendo que não daria pra trazer na mala algo tão pesado…) e por aí vai.

Na entrada, você recebe um caderninho com cupons de desconto, mas são cheios de regras (precisa gastar x para receber y) que não me foram muito úteis. Porém a cada compra, junto com a nota fiscal, você recebe cupons para outras lojas do complexo. Esses, sim, foram mega úteis!

O local fica em Nova Jersey e contratei um serviço de traslado pra me buscar e levar de volta ao hotel (Manhattan Transfer Tours, US$ 54 ida e volta). Chegando lá, vi que existem hotéis perto do Woodbury Common, pra quem viaja com foco em compras. Certamente confortável!

Se você, como eu, vai passar apenas um dia por lá, vale dar uma boa olhada no mapinha e traçar um roteiro, porque o complexo é bem grande e a caminhada cansa bastante – ainda mais à medida em que você acumula sacolas de compras.

3 ideias sobre “Dicas de compras em Nova York

  1. Pingback: Recém-casada » Blog Archive » Testei: sacola a vácuo

  2. Pingback: Arte do dia: A Primavera Eterna, de Rodin | Cintices

  3. Pingback: Dicas de viagem: Las Vegas | Cíntia Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *